O que servir em um Casamento Vegano

QUAL A DIFERENÇA DE VEGETARIANO OU VEGANO?

O vegetariano não come carne vermelha, carne branca e todos os tipos de peixes e moluscos.

O vegano não consome nenhum alimento de origem animal, como ovos, queijo, leite, manteiga e outros.

Neste caso vamos nos atentar ao cardápio vegano.

Casamentos veganos ou semi-veganos têm se tornado mais populares à medida que as pessoas se sentem menos forçadas a fazer o seu dia “tradicional”, optando por algo que reflita o conjunto de valores do casal, incluindo os alimentos e acompanhamentos.

Quando se organiza um casamento vegano há muito o que se considerar, e aqui estão algumas dicas que o ajudarão a começar seu planejamento.

Escolha um local adequado.

Ser vegano não impede que você escolha os mesmos lugares onde são realizadas festas não veganas, mas você provavelmente quer refletir em sua escolha seu amor pela natureza, áreas externas ou similares; é preciso também levar em consideração a facilidade de acesso ao local do casamento e da recepção, e qualquer preferência pessoal.

Um casamento vegano em um jardim orgânico é um toque agradável para aqueles que amam jardinagem e alimentos frescos da localidade.

Um jardim, parque ou jardim botânico também podem servir como expressão de seu amor pela natureza e espaços abertos.

Decida se você irá realizar a cerimônia e a recepção no mesmo local ou em locais separados. Um mesmo local significa muito menos deslocamento e transtorno para todos os convidados, aumentando a simplicidade; jardins para casamentos funcionam muito bem para esta opção.

Encontre um serviço de bufê confiável com bastante antecedência.

Você precisará encontrar um bufê capaz de preparar comida vegana de boa qualidade, incluindo alimentos substitutos; portanto, planejar com bastante antecedência é importante.

Procure por um serviço de bufê adequado.

Há necessidade que seja alguém solidário com suas necessidades de dieta e desejos para o casamento, mesmo que prepare comida vegana a maior parte do tempo.

Não ignore bufês não veganos.

Muitos bufês excelentes possuem chefs muito hábeis e capazes de preparar comida vegana.

Talvez você tenha que pesquisar mais e buscar maior número de sugestões, mas isso provavelmente é algo que você já está acostumado e preparado a fazer para a organização do casamento.

De certo modo, é bom ter este nível de controle quando se trata de um evento tão pessoal e especial.

Certifique-se de que o bufê e o local do evento possuem mente aberta e estão satisfeitos em trabalhar com suas preferências; caso contrário, continue procurando.

Preste atenção ao orçamento.

O custo do casamento tende a cair pela metade se você servir refeições aos convidados.

Um casamento vegano pode cortar custos, mas não necessariamente.

Caso você esteja servindo refeições para veganos, vegetarianos e refeições baseadas em carne orgânica, na verdade seus custos podem aumentar, uma vez que seu cardápio terá uma extensão considerável.

Lembre-se de que qualquer coisa especial custará mais, especialmente se o seu bufê não é familiarizado com estilos de comida vegana ou se você solicitar a preparação de alimentos substitutos que se encaixem em opções de casamento tradicional.

Por outro lado, caso você esteja satisfeito em manter o cardápio simples, é possível fazê-lo ser uma parte mais baixa do custo total do casamento.

Pense em alimentos orgânicos. Você quer que os alimentos sejam todos orgânicos, existem algumas opções orgânicas ou isso não o preocupa? A escolha vai causar a variação do custo, sendo que na maioria das vezes os alimentos orgânicos custam mais.

Pense sobre o estilo dos alimentos.

O orçamento varia muito dependendo do método com que os alimentos são preparados, e os convidados sentados para uma refeição completa é o mais alto.

Suas escolhas incluem convidados sentados para refeição completa, serviço americano, piquenique, coquetel, café da manhã, brunch, jantar, chá, etc.; esta decisão depende de seu orçamento e preferências.

Planeje o cardápio.

Uma vez que você tenha decidido o bufê e o orçamento, planeje o cardápio com detalhes.

Caso seja possível, inclua grande variedade de alimentos, pois isso pode despertar o entusiasmo dos convidados e levá-los a experimentar alimentos diferentes e descobrir as muitas maravilhosas possibilidades da comida vegana.

Pense sobre o prato principal. Ideias incluem saladas maravilhosamente frescas com flores comestíveis, saborosas sopas com cores brilhantes e pratos principais que englobem desde vegetais da Mongólia gratinados até tofu Teriyaki.

Procure artigos sobre receitas veganas na wikiHow para ter ideias que o ajudarão a começar; lembre-se de que o ponto principal é que “a comida deve ser saborosa! ”

É uma boa ideia verificar todos os seus antigos livros de receitas veganas favoritos e escolher os pratos que mais o atraem – é uma grande oportunidade para finalmente experimentar aquelas receitas difíceis que você normalmente nunca faz. Também é uma boa ideia praticar as receitas sobre as quais está inseguro, em pequenas porções – sente-se com seu bufê, mostre a ele/ela as receitas e comece a trabalhar a partir daí.

Sirva um bolo vegano.

Você pode servir um bolo de cupcakes veganos, ou um estilo mais tradicional de bolo feito sem ovos, laticínios, etc.

Lembranças

Pense sobre as lembranças do casamento com cuidado.

Pense em lembranças comestíveis tais como biscoitos caseiros, doces ou cookies; conservas caseiras ou molhos lindamente enrolados em tecido ou papel reciclado; objetos reciclados, de velas até cortadores de biscoitos; você pode também simplesmente optar por não fornecer lembranças.

Bebidas

Sirva café e chá com o selo Fairtrade.

Procure por vinhos e cervejas orgânicos; verifique também se ambos são veganos, pois nem toda bebida alcoólica é vegana.

Use papel reciclado para criar os cardápios do casamento.

Dicas

Evite pregar sobre veganismo no seu casamento; deixe que a comida e o divertimento da ocasião falem por si.

Deixe um membro da família ou amigo preparado para conversar com qualquer pessoa que pareça desapontada com a comida, a fim de que lembrá-la de quem é aquele dia e fazê-la entrar no espírito da ocasião.

Um pouco de bom humor amigável pode ser uma ótima maneira de suavizar as coisas; se a comida for bem preparada, poucas pessoas notarão o elemento vegano e todos aproveitarão consumindo os alimentos!

Fontes e Citações

 USA Today, Is Chelsea Clinton going green with a vegan wedding?

 Emily Elizabeth Anderson, Eco-chic weddings, p. 89, (2007)

 Telegraph, Chelsea Clinton prepares for America’s ‘royal’ wedding.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *